segunda-feira, 15 de junho de 2009

Hortelã

Nome científico: Mentha Spicatta
Nome popular: Hortelã, menta
Nome em japonês: スペアミント (Supeaminto)

De todas as minhas plantas posso dizer sem hesitar que a hortelã é a que me dá mais orgulho.

Criada a partir de um raminho "roubado" ano passado; cresceu, encheu, secou no inverno e ressuscitou na primavera. E como cresce rápido.

Estava em um vaso junto com a salsinha mas nada crescia junto com ela. Percebi que uma parte da raiz começou a sair pra fora do vaso e achei melhor isolá-la.

Pena não ter registros fotográficos dessa época, seria interessante poder acompanhar desde o comecinho mas neeeeem passou pela minha cabeça fotografar algo que eu nem sabia se ia pegar ou não. Me arrependo mas agora já é tarde.

Ela cresceu, deu folhas gigantes, deu uma secada e encheu novamente com folhas menores. Ficou muito bonita.


12/11/2008

No inverno não ficou tão cheio mas também não ficou pelado. Aguentou bravamente as geadas e a neve. Aguentou um longo período de estiagem quando eu não ia nem olhar como as plantas andavam, imagina aguar então. E nessa época de relaxo total da minha parte nem vi que ela tinha ressuscitado, quando percebi já estava assim: cheião, bonito e com folhas grandes.



23/05/2009

Depois que carpi o mato forrei em volta da casa com uns tapetes que tinha ganhado. Detesto carpir mato, faço apenas porque prolifera milhares de bichos quando o mato está alto, fora que não dá pra ver as cobras que vem do rio que passa aqui atrás.

Na verdade nunca vi cobra aqui, mas sei que entrou na casa do vizinho, prefiro não arriscar. Ainda mais porque vira e mexe aparece uma esmagada no meio da rua, porque essas bichas burras tomam sol no meião do asfalto, pedindo para serem atropeladas, claro.

Quando fui tirar os vasos do lugar, pra poder colocar o tapete, o vaso do hortelã não desgrudava do chão. Tive que usar uma força danada pra conseguir arrancar o_O

As raízes tinham saído pelos buracos embaixo e se enraizaram no chão.


23/05/2009

Achei melhor transplantar para algum lugar maior, mas vaso grande é tão caro que fiquei tentada a plantar no chão como vi na casa da Neusa. Aliás fiquei morrendo de inveja dos hortelãs dela (o jardim do vizinho é sempre mais florido, né =p).

Como ia jogar fora a banheira da Karina, furei a parte de baixo pra drenar a água e plantei o hortelã ali mesmo.


Quando tirei do vaso fiquei assustada em ver que quase nem tinha terra, era praticamente só raiz ali.


25/05/2009

Meio nojento... ainda mais porque na parte de baixo estava infestado de tatuzinhos. Quando fui cutucar com um hashi pra tirar um pouco os bichos, começou a aparecer algumas lesmas ENORMES que estavam escondidinhas na terra.

Nojento! Nojento! Nojento!!!!

Mas consegui limpar mais ou menos e plantei na banheira.


25/05/2009

Duas semanas depois já havia enchido. Sempre achei que as plantas cresciam em direção ao sol, mas percebi que o hortelã cresce mais na parte que fica com sombra. Como começou a invadir o vaso do lado acabei virando a banheira pra que cresça do outro lado também =p

Aliás, cresceu dos dois lados, mas o lado que pega sol diretamente cresceu mais lentamente.


14/06/2009


Folhas gigantescas

Ano passado floriu e deve ter dado sementes que eu não me preocupei em pegar. Uma vez que como dá pra fazer mudas através de um galhinho (estaquia?), nem passou pela minha cabeça guardar as sementes , que eu não tenho ideia de como sejam.

Mas olhando a hortelã todas as manhãs notei que tinha uns lugares com uma espuma nojenta. Parece uma cusparada. Dei uma cutucada mas não vi nada e fiquei na cisma.

Infelizmente não consegui tirar uma foto nítida e só percebi hoje quando fui esvaziar o cartão.


Quando tirei uma manhã pra examinar com calma, achei esse bicho esquisito escondido dentro da espuma.


Ele é minúsculo e alguns parecem ter a mesma carapaça do tatuzinho. Não sei o que é isso, só sei que é nojento e escorregadio. Todos os dias vou procurar novos focos de espuma e mato todos os nojentinhos que acho. Está rareando, não sei dizer se estão em estado de transformação ou se estão se reproduzindo lá.

Hoje dei uma olhada na parte de baixo pra ver se tinha lesmas grudadas. Graças a Deus estava limpinho lá. Já me basta elas atacarem a couve e os brócolis.

Para saber de suas propriedades medicinais, etc: aqui. Em japonês, aqui.

Em homes centers vende-se a muda praticamente o ano todo, mas se não achar e quiser demais cultivar, aqui tem sementes e aqui mudas.

Aqui ensina a cultivar.

Esse ano vou me fartar de tanto tomar chá de hortelã (adoro!). Achei ainda uma receita de Flan de Hortelã que parece muito gostoso. Qualquer dia eu experimento =p

2 comentário(s):

Renata

Olá, não pude deixar de comentar...Vou plantar hortelã, e confesso que fiquei assustada com o tamanho do seu...Como cresceu assim? Nunca vi pé de hortelão tão grande na minha vida...Sei que cria muita raíz, mas nunca vi folhas tão grandes... Parabéns...
Beijinho.
Renata.

Claudia

Eu comprei uma mudinha de hortela e ela estava murchando e amarelando a cada dia. Todo mundo dizia que ela preciasava de muito sol. Mas lendo o seu blog percebi que a hortelã nõa gosta de sol direto.De muuuuuuuito sol. Agora eu deixo num lugarzinho perto da janela que bate solzinho a tarde e não muuuuuuuito sol, sabe? sol direto? Então.. parece que ela ta mais alegrinha. parou de amarelar.. vamos ver o que vai acontecer.Adorei o seu blog. Obrigada por partilhar sua experiencias com a hortelã. me ajudou. bjs

Blogger template 'YellowFlower' by Ourblogtemplates.com 2008

Top image by FreeWebPageHeaders

Background image by Absolute Background Textures Archieve